O que é o VIH?

O VIH (Vírus da Imunodeficiência Humana) é uma infeção crónica que contribui para a destruição progressiva do sistema imunológico do ser humano (defesas) potenciando o aparecimento de outras infeções oportunistas ou doenças.

Na fase mais avançada da infeção, o sistema imunológico torna-se incapaz de regenerar, enfraquecendo cada vez mais e chegando ao estadio de SIDA. Ser portador de VIH não implica necessariamente vir a alcançar o estadio de SIDA.

As pessoas que vivem com VIH devem, após indicação médica,  cumprir com a terapêutica antirretroviral (TARV), ou seja, tomar a medicação prescrita às horas certas e nas quantidades indicadas pelo médico. O objetivo deste tratamento é controlar o vírus (carga viral) ao ponto de o mesmo se tornar indetetável, aumentando para isso as defesas (CD4) presentes no organismo. A toma correta permite estabilizar a infeção, revertendo situações em que o estadio de SIDA seja alcançado.

É fundamental cumprir com a toma da medicação exatamente como foi aconselhada pelo médico, pois o VIH é um vírus facilmente mutável e a toma fora de horas, em quantidades erradas ou de comprimidos que não os prescritos, faz com que o vírus  continue a replicar-se. Criam-se, assim, resistências à medicação e é necessário ajustar a mesma. É importante chamar a atenção para o facto de que que quanto mais resistências se criarem, mais vezes se altera a medicação, podendo chegar-se ao extremo da última combinação terapêutica. Isto é facilmente evitável se se cumprir com o tratamento rigorosamente.