fbpx

COMUNICADO

Alternativa solidária face à pandemia COVID-19

Na noite do dia 1 de Dezembro, na data em que se comemora o Dia Mundial da Luta Contra a SIDA, é
já uma tradição realizar-se A Gala ABRAÇO no S. Luiz Teatro Municipal. Uma Gala que simboliza o
Respeito, a Solidariedade, o Amor…a VIDA! Nesta noite, há magia e diversão, há plumas e purpurinas,
há brilhos e muita lantejoula!

É uma celebração feita por pessoas e para pessoas que acontece no palco e fora dele! É toda uma energia
contagiante e vibrante numa noite que é, sem dúvida, inesquecível e que nos relembra a importância da
inclusão e da solidariedade. Uma noite pela defesa dos direitos humanos e da igualdade, que não esquece
que é na diferença que está a riqueza.

Há mais de uma década que o S. Luiz Teatro Municipal se associa a este espetáculo, criado em 1992
por Carlos Castro, como Gala Noite dos Travestis. Uma ocasião para lutar contra estigmas, preconceitos
e apoiar o trabalho realizado pela Associação Abraço, que desde a sua fundação presta apoio a pessoas
com VIH/SIDA.

Este ano a pandemia COVID-19 impõe-nos regras que não se coadunam com A Gala Abraço a que
estamos habituados. A redução de duração do espetáculo num horário que até seria antecipado, a
discriminação de atuações, a limitação do número de espetadores, a obrigatoriedade de utilização de
máscara que compromete toda a caracterização dos artistas transformistas até à sua entrada em
palco…foram alguns dos motivos pelos quais TODOS os envolvidos na realização da Gala
consideraram que teríamos que fazer algo diferente este ano.

Porque a sida existe e porque acreditamos que apesar de estarmos a vivenciar uma situação sem
precedentes, a mensagem e o propósito da GALA ABRAÇO não pode ser silenciado. Este ano,
criaremos uma corrente de solidariedade digital através da POCKET GALA promovendo a inclusão, a
solidariedade e a luta pela igualdade e pelos direitos humanos tal como sempre fizemos!

Pela Direção da Abraço

Bilhetes disponíveis AQUI!