Sífilis

O que é?

É uma infeção causada por uma bactéria, Treponema pallidum, que pode estar presente na boca, pénis, vagina ou reto. A infeção ocorre por estadios que apresentam sintomas específicos.

Como se manifesta?

Sífilis primária (entre 2 semanas a 3 meses após a infeção) – surge uma ferida indolor na boca, pénis, vagina ou reto e inflamação dos gânglios linfáticos que desaparece espontaneamente mesmo sem tratamento;

Sífilis secundária (algumas semanas ou meses após a infeção) – surge uma erupção cutânea sobretudo nas palmas das mãos e solas dos pés, febre, cefaleias, mal-estar, prurido e inflamação dos gânglios linfáticos;

Sífilis latente acontece num período durante o qual não existem sinais ou sintomas da infeção. Pode desenvolver-se entre 2 a 30 anos após a infeção.

Sífilis terciária (anos após a infeção) – surgem lesões no sistema nervoso central e no sistema cardiovascular.

Como se transmite?

  • Contacto direto com a ferida ou manchas;
  • Relações sexuais desprotegidas (sexo oral, anal e vaginal);
  • Via Vertical (transmissão mãe-filho durante a gravidez e parto).

Como se diagnostica?

Através de testes rápidos ou análises sanguíneas.

Como se trata?

A cura é realizada com o recurso a antibióticos, geralmente a penicilina. Após o tratamento é habitual realizar-se nova análise passados 6 meses. Apesar de existir cura, sem proteção, é possível ser infetado várias vezes ao longo da vida.

Como se previne?

Através da utilização do preservativo em todas as práticas sexuais.